Fotos do ILO

Como prometi, hoje sai de câmera numa mão e o guarda chuva na outra e tirei algumas fotos para vocês poderem conhecer o campus. Se o tempo melhorar no final de semana vou fazer um tour pelo campus todo, até agora eu só conheço o caminho da sala de aula, de meu quarto e do restaurante, porque eu não vou ficar andando no frio e na chuva à toa, ok…

Vamos lá, em primeiro lugar, minha dolce amica, minha mala querida, embrulhada para viagem e sua companheira a “mochila de chumbo”…

20131116_162845

Depois eu com dois modelitos de inverno nos primeiro e segundo dia de aula, vejam se vocês conseguem perceber as diferenças, kkk, desculpem o foco mas tem de ser foto do espelho, oh pobreza!

20131116_163000 20131120_072455

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agora os caminhos e as arvores que são um show  parte…

 

20131120_084305

20131120_104211

20131120_104344

20131120_084509

20131120_084305

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Só não consegui ainda pegar o esquilinho no flagra…

Esse é o verdadeiro pinheiro de natal, alto, frondoso e verde com as pontinhas dos galhos já ensaiando a presença da neve, apesar de por enquanto só termos o nevoeiro.

 

20131120_104604

20131120_104615

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E para terminar, eu na sala de aula super comportada e no jardim embelezando a natureza…

 

20131120_104800 20131120_08495720131120_104806

Beijos  e até amanhã

Marta

Ps.: O bom do frio é que ninguém sabe se você está gorda ou apenas encapotada, kkk… Eu adoro isso!

Primeiro dia em Turim

Ontem depois que jantei e entrei no quarto, só deu tempo de tomar banho e desmaiar na cama, e mais nada.

Hoje de manhã acordei umas 09:00h, abri  a janela e vi apenas o nevoeiro e o termômetro marcando 7ºC.

Pelo horário perdi o café da manhã, mas estava mesmo preocupada em fazer os equipamentos eletrônicos funcionarem. Apenas o tablet estava ok, com o chip de dados italiano, o note book não carregava a bateria, mesmo com todos os adaptadores que trouxe, o celular então nem se fala pois está desligado desde que entrei no avião em São Paulo, ainda vou resolver se compro um chip por aqui.

Peguei a senha da internet, mas quando fui acessar o gmail e o facebook, o Google entendeu que algum hacker italiano estava tentando entrar em minhas contas e bloqueou tudo, deu o que fazer para conseguir explicar ao FB que era eu, só consegui liberar a conta agora de tarde. No fim segurança é bom, se fosse mesmo um hacker eu estaria louca da vida agora.

Como perdi o café, resolvi ir ao shopping atrás de minha bota e de uma fonte nova para o notebook, almoçar por lá e voltar logo depois para curtir o frio aqui no meu quarto.

A viagem só de taxi, quer dizer tem ônibus, mas eu é que ia me arriscar a pegar ônibus errado? Nem ai em Salvador eu acerto qual linha passa aonde… O Taxi custou a bagatela de €9,90, com taxa extra porque hoje é domingo. Nem fica tão longe daqui do centro, mas pega umas avenidas largas e sem fim que valeu a pena pagar o preço.

Esse shopping fica num bairro, no meio de condomínios e um comércio local, pequeno mas o suficiente para ter a SATURN, a ZARA, BENETON (de graça, ai se eu tivesse em viagem de compras!) e outras coisinhas mais. Achei a fonte para o note e minha bota preta de cano alto e salto baixo, especial para pernas gordas, he he he… e que já está fazendo calo no meu tornozelo acostumado a usar sandália…Lá consegui falar com Otávio pelo Skype e fui almoçar.

Rodei o shopping atrás de uma pizza, afinal já era o segundo almoço na Itália. Pensa que eu achei? Acho que o povo só come pizza em Roma… Tem muito pão, cachorro quente tipo americano e uma torta que parece as empanadas baianas, mas com uma massa super grossa de pizza com recheio por cima, que tem cara de pizza, cheiro de pizza, gosto de pizza, mas não é pizza, peguei um pedaço, mas ainda fiquei com vontade, quem sabe agora no jantar eu dou sorte de abrir a temporada de massas.

Assim que voltei no começo da tarde dei uma saidinha no campus para conhecer os prédios perto do meu, mas estava sem a câmera, desculpem, e além do nevoeiro que já esta começando a descer novamente, fiquei olhando as árvores que estão mudando de cor, verde com as pontinhas brancas, vermelho e laranja, deve ser o fim do outono, não sei, aí em Salvador a gente não tem isso. Além de mim, apenas um esquilo correndo entre as árvores. Ah! O primeiro esquilo a gente nunca esquece…

O centro é formado por 19 prédios, dividido em pavilhões; eu estou no Pavilhão América,  minhas aulas serão no Pavilhão África, e assim por diante pelos cinco continentes.

Quando voltei tinha um “colega” observando o tempo e travamos uma conversa muito interessante:

– Olá,

– Hi,

– Where you from?

– Brasil, and you?

– Cambodja,

– Oh, OK…

– You speak English?

–  No, sorry, only Portuguese, bat I understand  (muita ousadia de minha parte, kkk)

– Oh, ok…

–  What time open to diner ? (olhando para o restaurante que fica perto de nosso prédio)

– Oh, seven (meio desesperado para me fazer entender, me mostrando no relógio com mímica)

–  Oh Ok, I go to my room, bye

–  Oh Ok bye…

A partir de agora deve existir um cambojano que pensa que conseguiu conversar com uma brasileira, que não fala xongas de inglês, mas é craque em mímica, kkk

Como sai sem a câmera fiquem agora com uma imagem de minha tela. Vejam bem, a previsão para quinta feira é de 5 a 0º e sexta  é de 5 a 1ºC, brrrrr

SC20131117-135119

Beijos mil