Árvore de família

Hello people,

Quanto tempo, quantas saudades… mas a vida é assim mesmo, muita coisa para fazer e pouco tempo para dar conta!

Tenho uma grande novidade para vocês.

– Como eu estava sem nada para fazer,  dei a ideia para a minha irmã Ivana montar a árvore genealógica da família e ela se empolgou e já estamos chegando na casa de 400 pessoas catalogadas, em sete gerações – do trisavô ao primo de 3ºgrau (meus primos-netos) … kkk … isso é uma loucura!

Começou assim, ela cadastrou em um site especializado nossa família nuclear – pai/mãe, filhos e netos. Dai começamos a expandir para os irmãos de nossos pais, e seus filhos, netos e bisnetos… depois subindo para a geração dos avós, bisavós e trisavós, que foi até onde conseguimos chegar com os documentos que conseguimos até agora. Ela investiga no facebook e eu escrevo “cartas-súplicas” para que os primos nos ajudem enviando seus dados e de suas famílias. Mas Ivana está avançando praticamente sozinha “detetivando” no facebook… kkk … Conseguimos ajuda das primas mais próximas, apesar da distância física – Francieli, Rita, Célia, Eni e Bete (pelo lado de minha mãe) e de Ana Regina (pelo lado de meu pai), mas falta muito ainda, muito mesmo!

Um pouquinho da história de nossa família:

A família de meu pai é descendente de escravos de cidades de Minas Gerais. Diz a lenda que meu avô Virgílio da Silva foi entregue para ser criado por padres, tinha alguns irmãos mas nunca soubemos quem eram nem mesmo seus nomes. Minha avó Maria de Paula, nunca falou sobre irmãos, então não sabemos se ela os tinha ou se também foi separada deles. E isso é tudo o que sabemos da história anterior deles antes de se casarem. Eles tiveram 13 filhos, dos quais meu pai era o mais novo. E meu avô, que era muito inteligente e culto para os padrões da época (pela educação religiosa que recebeu) resolveu inovar na hora de registrar os filhos. O primeiro filho se chamava Olívio e para combinar foi registrado com o sobrenome Oliveira. A partir do segundo filho, um recebia o nome da Silva e o outro de Paula, desse modo a família foi sendo distribuída entre os dois sobrenomes. Por sorte ou azar, nunca tivemos herança para dividir kkk

Cada um desses irmãos tiverem vários, muitos, filhos.  Meu pai tinha sobrinhos muitos anos mais velhos que ele, e isso fez com que nós perdêssemos o fio dessa meada, e só conhecemos os filhos dos irmãos mais novos e próximos de meu pai, isto é, de apenas 3 irmãos, e está sendo quase impossível encontrarmos alguém conhecido que se lembre de quem eram eles. Mas estamos procurando, aliás a Ivana está procurando por que ela tem o instinto e sangue de investigador-agente-secreto-cibernético-facebookiano que eu não tenho… eu só dei a ideia kkk…

Já a família de minha mãe veio da Itália, madona mia!

Temos uma certidão do Museu do Imigrante que registra a chegada de meus trisavós no Brasil em 1887, e assim começou a família Ferrari-Ortolan. Minha Nona Maria Ortolan tinha mais quatro irmãos, meu Nono Henrique Ferrrai tinha mais nove irmãos, todos esses tios-avós tiveram muuuuuuitos filhos, numa média de 10 cada um, e cada um desses tiveram lá os seus 6 ou 7 filhos também, é uma conta quase exponencial que está nos levando a marca de 400 pessoas identificadas em sete gerações! Uma delícia de  loucura italiana!

Mas de tudo isso o que tem me deixado encantada com esse projeto é que conversando com minha irmã e com  minha mãe estamos resgatando nossa infância, lembrando dos primos que já estavam perdidos na memória, procurando e pedindo fotos antigas, e minhas queridas primas que se integraram nessa odisseia, também já estão “contaminadas” pelo desafio de construir essa árvore porque todas nós queremos nos aproximarmos novamente, e todas nós queremos ver até onde vamos conseguir chegar, por que os Ortolan estão perdidos no passado, não conseguimos encontrar nenhuma pista deles até agora.

Um beijão a todos Silva-Paula e Ferrari-Ortolan desse meu Brasil…

P.S. – Gainos, aguardem que sua árvore já está sendo preparada também!

Marta Gaino

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s