Brescia, Verona e Garda

Frio e chuva, casamento da viúva.

Se podemos trabalhar na chuva, por que não passear? Eis a questão…

Faz parte de nosso curso uma visita técnica para conhecer um projeto de grande porte,  e o local escolhido foi um hospital público na Brescia. Ótimo, por que eu sempre quis conhecer a Brescia mesmo, kkk…

Saímos na sexta feira às 06:00h da manhã, com uns 3ºC mais ou menos, na verdade devia ser menos. Fomos de ônibus numa viagem de umas 4 horas, com chuva por todo o caminho.

Já disse que nevou na quinta feira? Anote ai… Começou a nevar em Turim.

Chegamos a Brescia por volta das 10:00h com frio e vento, mas sem chuva, e por todo o caminho pudemos ver a cadeia de montanhas dos Alpes, com os picos já com bastante neve e o sopé ainda verde.

O Hospital que visitamos é o maior da Itália e é referência mundial em algumas especialidades. Como é uma construção de década de 40/50 do século passado, precisa de ampliação e por tanto de um projeto de grande porte, que eu não vou detalhar aqui porque terei de fazer um relatório depois. Almoçamos por lá e seguimos para Verona onde iríamos dormir e passar a manhã.

Chegamos a Verona às 14:00h horas, deixamos as coisas no hotel e fomos bater perna. Nossa guia era uma brasileira de Osasco/SP e eu colei nela para me ajudar a comprar um chip para o celular, por que isso é um processo, italianísticamente falando.

Verona é uma cidade de médio porte, elegante e acolhedora, mas que conserva seu centro histórico da época dos romanos, antes de Cristo, diga-se de passagem, e também muita história da idade média. Camminato, camminato e camminato … mas quanto andamos! Nosso hotel era logo na entrada da cidade e atravessamos parques, pontes, ruas e ruelas até chegar ao centro histórico. Quanto mais entravamos na cidade, mais parecida com Veneza ela me parecia.

Não preciso falar que estava fazendo frio, chovendo e com vento frio, porque isso já está ficando chato, então vou dizer apenas que só deixei os meus olhos de fora para poder seguir a guia. Enquanto os colegas congelavam as mãos para tirar fotos eu mantinha minhas mãos quentinhas no bolso do casaco, por que vou voltar a Verona com Otávio e até lá vou ter uma estratégia para não congelar os dedos.

Verona é o seguinte: sabe artesanato? Esqueça.  Aqui a coisa é de Georgio Armani para cima…Perdi a conta de quantas griffes estão pelas ruas, umas ao lado das outras, chega a doer no bolso, mesmo que você nem pense em entrar e perguntar o preço das coisas, alias que coisa mais cafona “perguntar o preço”, melhor apenas olhar pela vitrine, afinal o que é bonito é para ser visto não é mesmo, kkk.

Como já estamos pertíssimo do Natal, a cidade montou uma espécie de feira de Natal em uma de suas praças com comidas e enfeites de vários países, eu que nem gosto de armar árvore de Natal fiquei com vontade de levar alguns enfeites, mas sinceramente não vou ter espaço na mala para isso. Depois eu tiro foto e pronto.

Vera pizza

Vera pizza

 

Decidimos jantar e voltar para o hotel. Finalmente comi minha primeira pizza “veramente italiana”, maravilhosa, de presunto parma  e queijo brie, por que chiqueza pouca e bobagem…kkk

Aqui é assim pizza individual e ninguém tasca de mezzo-a-mezzo.

 

Na volta para o hotel uma paradinha para um chocolate quente, que mais parecia um creme de chocolate derretido, delicioso, quentíssimo, que era para comer de colher, o que foi a única coisa que manteve meu sangue quente até chegarmos ao hotel.

 

 

No sábado de manhã saímos depois do café e fomos para o lago de Garda, que é um lugar lindo onde os italianos vão passar o verão – VERÃO. Hoje estava fazendo um frio gélido, uma ventania alpina, uma chuva congelante, bem vocês já entenderam. Um lugar lindo mas que não deu para aproveitar. Demos uma volta em toda a península ou ilha, sei lá qual a forma da vila,voltamos e entramos correndo no ônibus para retornar a Turim.

Casa em Garda

Casa em Garda

Fortaleza Garda

Fortaleza em Garda

 

 

 

 

 

 

 

Agora aqui no aconchego do meu quarto eu vou tratar de dormir, porque amanhã é domingo e vou acordar quando Deus quiser.

Beijos quentinhos amigos,

Marta

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s