Pragmática eu?!?

Então! A primeira vez que me chamaram de pragmática me ofendi, porque entendia na época que o pragmatismo era reducionista e autofocado na solução pura e simples do problema, coisa, aliás, que nunca fui ou fiz.

Com o tempo, sempre o tempo, as coisas mudam, e consigo perceber hoje que realmente sou pragmática, do fundo da alma e do meu coração, mas simplesmente porque não perco o meu tempo, de novo ele, com elucubrações sobre “ser ou não ser” ou o “devia ser” blá, blá, blá.

Afinal o que é que tem de ser feito? Qual o melhor caminho a tomar diante das opções que temos na hora de decidir? Então escolha bem suas opções, aja e siga em frente.

Assuma as conseqüências de sua escolha e vá ser feliz pelo amor de Deus que é isso o que importa. De preferência seja ético pelo caminho, porque isso facilita muito a convivência em sociedade.

Anúncios

Um comentário em “Pragmática eu?!?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s