Uma pequena poesia para a música

Quando a poesia chega e me convida a passear
É como se fosse o som de um piano de base
Que me oferece suas teclas,
Por onde devo subir em degraus
Até alcançar o céu .
É desse modo que vejo a união
Da poesia com a música que existem em mim
Entrelaçadas como espiral no DNA que me traduz
Quando fecho os olhos e me deixo levar
Pelo que vai em meu coração.

Estou finalizando as gravações para o CD que resolvi finalmente fazer para comemorar e fechar mais um ciclo em minha vida. É como se fosse preciso colocar um marco de passagem para que eu mesma saiba identificar por onde andei e o que fiz em cada etapa que vivi. Dessa vez era necessário deixar registrado as músicas que me tocam  por dentro e  me veio a mente os festivais da MPB, que por três decádas e gerações estiveram presentes na formação de nossas vidas.

Aprendi e me diverti muito nesses dois meses de gravação, principalmente que não posso me autorotular em um naipe de voz porque tenho capacidade e extenção vocal para fazer muito mais e estava me escondendo num canto simplesmente porque era mais fácil. Ora eu nunca gostei do fácil, e percebi que se tiver coragem, posso tudo o que meu coração mandar eu fazer! Essa abertura é que me permitiu conhecer pessoas como Luciano Prado e sua esposa Bete, aos quais admiro pela felicidade em viver. Obrigada Maestro!

A próposito do CD a música de abertura é Viagem*, que foi escrita num momento de inspiração divina por um garoto de 14 anos que se transformou num dos gigantes de nossa cultura musical. Eu por meu turno, me emociono cada vez que a ouço na voz fantástica de Maysa que encerrou-a em sua interpretação magistral, a quem não ouso imitar.

Esse trabalho é comemorativo/promocional, sem autorização para venda, realizado apenas para que eu pudesse registrar essas emoções e entregar a amigos, para que eles guardem esse pedaço que já não cabia mais em mim. Afinal amigos é para essas coisas malucas que invento.

Quando estiver terminado estará tudo aqui em uma nova página.

Beijos matinais a todos…

Marta

*Viagem (João de Aquino e Paulo César Pinheiro) 1964

Anúncios

Um comentário em “Uma pequena poesia para a música

  1. Marta,
    Sinto-me muito honrado pela poesia baseada na nossa experiência com a música. O artista se sente abençoado e com o sentido do dever cumprido. Espero que os frutos a colher sejam os mais belos possíveis.
    Que nossa amizade seja eterna.
    Abraços,
    LP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s