Ação e reação

Confesso, sou uma pessoa pragmática.

Meu negócio é ação! Realmente penso que quem fica só “pensando” não chega a lugar nenhum, mas isso não quer dizer em absoluto que desprezo o pensar planejado, muito pelo contrário, amo o planejamento. O que me incomoda  é quando  as pessoas se escondem atrás dos planos e adiam ad eternun a realização das coisas, pior ainda aquelas que nem chegam a planejar suas ações. Eu me mordo de raiva!

Voltando. Não devo ser uma pragmática clássica, porque afinal de contas não sou uma pessoa forjada a laser, com todas as arestas bem aparadas, ao contrário, o que não falta em mim são altos e baixos e mudanças de humor, mas se existe uma característica que não se perdeu ao longo das minhas experiências foi a certeza de que somente a ação, decorrente do pensar sistemático, impulsionada pela energia criadora pode resolver os problemas. Em outras palavras:

–       Pare de reclamar e aja!

–       Pare de falar que não vai dar  e faça dar certo!

–       Pare de procurar por culpados, arregace as mangas e vá resolver os seus problemas!

Meu problema é que talvez, nesse impulso que coloco em minhas ações, acabo atropelando aqueles que ficam pensando pelo caminho. Busco os fins, a utilidade da coisa, mas aprendi a respeitar o processo, a procurar por “como funciona” e qual o sentido do que estou fazendo. Falta-me quem sabe a paciência para esperar os que também estão caminhando nessa direção. Talvez por isso acabe muitas vezes sozinha tentando vencer alguns “moinhos de vento”.

Percebi também que passo pelas três fases do fazer: ação, reação e pro-ação;

–       Ação, quando arregaço as mangas vou e faço;

–       Pro-ação, quando percebo oportunidades e me lanço a construir caminhos;

–       Reação, quando sinto que estou sendo obstruída em meus planos.

Acho que ando muito reativa ultimamente!

Está na hora de arregaçar as mangas e mandar ver, como diz a Wiki:

“… descrença no fatalismo e certeza de que só a ação humana, movida pela inteligência e pela energia, pode alterar os limites da condição humana.”

Depois eu volto para acabar de escrever, ainda estou pensando sobre tudo isso. Planejando o próximo passo.

Marta

Anúncios

Um comentário em “Ação e reação

  1. Martinha,

    Realmente o texto está ótimo, flutuei fazendo as comparações com a minha pessoa nas ações e reações.

    Lindo!!

    Abraço,
    Marisa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s