Porquê você é assim?

Ainda sobre o casamento de sábado,

Eu estava à altura da festa. Pés, mãos, sobrancelha, cabelo e maquiagem para exorcizar o baixo astral. Vestido longo, salto alto e uma echarpe de seda para dar um toque de sofisticação a minha figura. Mas, ultimamente sempre tem um “mas…” me acompanhando, uma das velas daqueles candelabros acabou chorando sobre minha echarpe que ficou dobrada por um momento na mesa. Perdeu-se por completo! Impossível separar a parafina da trama finíssima do tecido sem machucar-lhe a estrutura delicada. Ficou a lembrança em minha memória, porque também não tinha ninguém para tirar uma foto minha antes de sair de casa. Vou pedir uma cópia a Carminha, pelo menos assim posso olhar-me de vez em quando para ter certeza que ainda consigo ser bonita e elegante se houver uma motivação interna para isso, mesmo que seja de fora para dentro.

Cai na mesa de doce sem culpa nem remorso, apesar de saber que preciso fechar a boca e retomar a dieta. Mas dieta é coisa de doido e de gente com autocontrole e vocação para masoquista, o que não é o meu caso. Apesar de alguns me acharem com tendência a vítima, vou esclarecendo que isso não faz parte de meu repertório.

No mais, apesar de ter prometido a mim mesma que não traria mais trabalho para casa, eu trouxe, porque não estava conseguindo produzir os textos que precisava ter redigido nesta semana, não teve jeito, minha cabeça estava em greve. Vamos ver se consigo alguma coisa agora, afinal já consegui esvaziar alguns compartimentos que estavam contaminados com energia negativa.

============================

Hoje, sozinha sem ninguém para me fazer companhia, resolvi ir almoçar na praia. Quando estava quase chegando começou a chover e decidi voltar e comer aquele pastel de camarão que adoro. Lá no restaurante sentei-me numa mesa pequena para não ocupar muito espaço ao lado de uma família e fiquei pensando como as dinamicas familiares mudam de uma casa para outra.

Na cabeceira da mesa perto de mim estava sentada a caçula, que não se contentou até que me perguntou porque eu estava sozinha. Avaliei que não adiantaria explicar-lhe que meu marido estava viajando, que meu filho mais velho estava com a namorada e que o mais novo estava desmaiado em sua cama, então disse-lhe apenas que estava com fome e estava chovendo por isso vim só. Porque é que a gente pensa que criança pequena é besta? A partir daí  eu devo ter acionado seu botão do questionamento e foi isso que garantiu minha diversão do dia, uma gotinha de felicidade por dia lembram-se?

Minha amiguinha do restaurante esta na fase dos porquês, quer entender o mundo onde vive. Acho que também estou nessa fase. Não na mesma que Piaget identificou nas crianças de 03 anos, mas talvez exista algum outro pesquisador, cientista ou filosofo que já tenha teorizado sobre esse processo de expiação interna pelo qual estou passando.

Afinal porque tantos porquês, porque tantos questionamentos se para quem olha de fora tudo está certo?

Qual é a peça que está faltando ou será que eu estou jogando o jogo errado e ainda não percebi isso? Quem mudou as regras?

Existem algumas dimensões que não podem ser explicadas com palavras, apenas comprovadas por sentimentos e a certeza interna de que elas existem. É esse “sei que estou certa” que me inquieta, porque efetivamente eu sei que mais cedo ou mais tarde, o que estou sentindo vai acontecer, tomar forma, talvez com alguma variância de intensidade ou profundidade, mas a inquietação tem fundamento no futuro que me perpassa sem deixar vestígios materiais, nem fatos, nem provas, para a descrença dos céticos de plantão. Por isso a dificuldade de explicar-me…está tudo ainda circulando no éter que me envolve.

Marta

Anúncios

Um comentário em “Porquê você é assim?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s