Hábito de escrever

O hábito de escrever é um consolo  e às vezes uma fuga, que acabou se tornando um companheiro constante, amigo e confidente, mesmo que depois tudo acabe aqui, nas páginas deste blog, aberto ao mundo.  O  momento da escrita, da confissão íntima entre mim e o papel é insubstituível.

Há tempos venho pensando em porque escrevo. Antes pensava que era para aliviar as dores, os pensamentos e a emoção, depois lembrando das poesias pensei que era por ser eu uma pessoa com sentimentos tão intensos que  precisava de uma válvula de escape para não explodir. Ultimamente venho pensando que escrevo porque gosto, pelo simples prazer de escrever e registrar em palavras pensamentos, sentimentos e emoções sem compromissos outros que não seja apenas a verdade que vai dentro de mim.

É então um modo de registrar minha vida para que eu mesma possa revê-la e dizer-me… Uau! eu fiz isso, eu pensava assim? Mudei? Como estou agora? O que foi que eu aprendi com isso?

Acaba sendo por necessidade de crescimento, mas também por pura diversão.  O desafio e o risco de me conhecer por inteira, esgotando a cada dia as possibilidades de viver o que meu coração manda, até que ele diga:

– Chega! Cansei, vamos sentar e ver um pouco de TV para você descansar de você mesma?

Eu heim…

Será que vou permitir-me isso?

Marta

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s