Signos e significantes

“Signo é uma coisa que representa uma outra coisa: seu objeto. Ele só pode funcionar como signo se carregar esse poder de representar, substituir uma outra coisa diferente dele.”(p.58) Santaella, L. (1983). O que é Semiótica. São Paulo: Brasiliense.

A semiótica estuda a relação entre a coisa e seu significado.

Signos são as representações dessa coisa, em qualquer tipo de expressão ou comunicação, qualquer tipo de mídia e afins. Pertencem a três “classes”(se é que se pode dividir esse assunto desse modo):

A Primeridade – mundo da idéia onde tudo é perfeito, num estado de acontecido ou estar por acontecer;
A Segundidade – onde percebemos a ação resultante da relação entre o objeto e seu significado e;
A Terceridade – representação do sujeito sobre o objeto em questão, na qual todo seu repertório cultural evoca e inter-relaciona os códigos conhecidos para dar razão e entendimento ao que está sendo analisado.

Ícone é uma representação gráfica da coisa;
Índice é a relação dessa coisa com seu significado e;
Símbolo é a representação de uma coisa que toma vulto genérico num contexto cultural.

Os ícones estão ligados a Primeridade
Os índices a Segundidade
E os símbolos a Terceridade

E eu com isso?

Bem, quando você constata ingenuamente que “A Vaca foi para o brejo*!”, você está querendo dizer que “danou-se; está tudo perdido” e sem querer está fazendo uso da terceridade, pois apenas aqueles que conhecem o código cultural (ícones, índices e símbolos) no qual você está inserido compreendem o que está sendo dito, isto é, o seu significado. Caso contrário o coitado se perguntará: mas o que ela foi fazer no brejo*? Sacou?…

Como a semiótica estuda tudo o que existe em sua representação lingüística, em qualquer plano no qual podemos perceber, filtrar e traduzir o objeto, concluí-se que “Marta também é cultura”…

Pura lógica aplicada à poesia, a música, ao desenho, a pintura, as representações simbólicas das cores, perfumes e sabores dos sentimentos e idéias que estão contidos em mim.

Antes de usar, vide bula.

Marta

*Quem me deu esse exemplo foi Túlio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s