Sublimação

Minha poesia
Aquela que fala de mim
É real, concreta, densa e profunda.

Aquela que fala do outro
É puro sonho, esperança e desejo
De uma outra vida

Sublimada
Loucura de minha alma
Aguilhoada dentro de meu corpo

Presa em meus sentimentos
Confusos e contraditórios
De esperança e desespero.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s