O som da paixão

Ao me apaixonar
Ouço a música de sua alma
Que toca a minha.

E essa paixão dura
Até enquanto esse som
Tilinta e retine
Dentro de mim.

Às vezes tambores
Em outras cordas,
Com a expertise
De quem sabe o que procura.

Quando o amor chega
Vem arrumando os acordes
Organizando a pauta,
Para que os arranjos soem em harmonia.

Mas perde o calor
A emoção do primeiro toque,
O anseio do primeiro beijo.
A lembrança do cheiro,
Do gosto, do som do outro.

Perde a delícia da improvisação
E da descoberta dos ritmos
De nossas almas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s