Anjos no inferno

Que graça tem o céu?
Onde tudo é perfeito
Com seus anjinhos rodopiando
Batendo as asinhas
Ajudando-nos a viver
E resolver nossos problemas
Ao som de lindas melodias
Curtindo o amor e o aconchego de Deus.

E o que fazer na Terra
Onde tudo é tão complicado.
Todos tem razão e só enxergam a si mesmos
Sem perceber do mundo que fazem parte
Piorando cada vez mais a convivência
Num lugar que poderia ser o paraíso
Se não tivéssemos sido expulsos
Mas que tornamos monótono e perigoso
Pelas nossas ações inconseqüentes.

Mas e o inferno lá embaixo,
Queimando por dentro
No submundo do inconsciente que existe dentro de nós
Que instiga e provoca,
Que nos faz agir numa direção ou noutra
Até que façamos algo que valha a pena.

Não quero ser anjo no céu
Nem homem na Terra
Quero ser anjo no inferno
E viver tentando recuperar a humanidade
Desperdiçada na vida cotidiana por todos nós,
Que vivemos arrastando em nossos dias
Perdidos entre o que somos e o que queríamos ser
Sem perceber que basta abrir os olhos,
Unindo coração e mente,
Para enxergar onde brilha o nosso Sol.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s