Completamente eu

Seja lá o que estiver pensando sobre mim
É assim que sou
Inteira ou partida
Próxima ou distante
Apaixonada pela vida
Completamente eu – dividida.

Entre os quereres que tenho
Nos passos que percorro
Em gritos apertados na garganta
Com palavras que não dizem o que sinto
Gestos que complicam minhas ações
Completamente sozinha – em mim.

Crescendo às avessas
De trás para a frente, virando criança
Que não mantém controle sobre si
Que não explica os sentimentos
Que ama e pronto.
Completamente feliz – comigo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s