Cientificamente comum

Desconstruir as verdades
Para reconstruir os fatos
Segundo outras realidades.

Aqueles que surgem
Pela busca frenética
Na pesquisa inquietante

Que transborda de meu coração
Contrariando a neutralidade axiológica
Do pensamento científico.

Que existe apenas
Nas mentes que pensam
Poder viver isoladas

Separadas de seus corpos
Carnais e sensíveis
Imersos no mundo

Que urge concreto
Unindo real e abstrato
Na vida que tentamos compreender

E nos invade,
Consome e arrebata
Na delícia do senso comum.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s