Metaforicamente falando

Aquele mesmo diretor, a respeito de um trabalho que estava fazendo, me disse uma vez que eu precisava me adequar ao que era necessário ser feito, e que deveria primeiro terminar o acabamento da “casa” para depois fazer a mudança e colocar as coisas dentro.

Não concordei na hora e continuo não concordando ainda hoje.

Eu ainda penso que o externo é reflexo do que trazemos por dentro. Meus cabelos, por exemplo – acho que é a última vez que vou falar neles – só poderão ser bonitos em toda plenitude de seus cachos quando eu assumir, dentro de mim, que assim o são e estiver pronta para aceitá-los e oferecê-los aos que estão ao meu lado. Os cabelos são na realidade uma metáfora que extrapola os demais sentimentos e dificuldades outras que entram e saem de nossa vida a todo o momento

Às vezes nos fixamos em algum problema em especial e perdemos o foco do que é realmente importante, daquilo que faz a diferença e pode definir se somos ou se seremos felizes, ou não.

Compliquei, não foi?
Marta

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s