A noite caiu

25/10 20:00h, hora local
Noite, sai do cyber às 19:30h e a neblina tinha descido sobre a cidade fechando a paisagem.

Considerando que eu sou uma pessoa que preciso de calor para sobreviver, até que estou agüentando bem por aqui. Resisti a tentação de comprar uma jaqueta de couro acompanhada de uma bota cano alto, mas não consegui me separar da luva de pelica e do chapéu de feltro – a coisa mais mimosa que já entrou em meu guarda-roupa!

Fui jantar num dos restaurantes da Rua Coberta, um lugar com uma cobertura de vinil onde os bares, cafés e afins colocam as mesas para os clientes passarem frio, bebendo vinho e comendo queijo, carne e “fondue”. Pedi uma sopa de aspargos, achei muito chique e precisava de alguma coisa quente dentro do corpo para saber como era estar viva novamente. Credo! Que coisa mais sem gosto, nem tempero tinha aquilo, não teve sal que desse jeito.

Nao tive coragem de tomar o vinho, sozinha eu não me garanto, alías só me garanto se tiver alguém do meu lado para me levar até a cama depois.

Tive agora a sensação de que estou tão bem sozinha que deu um pouquinho de medo. Quem sabe o que a próxima semana me reserva. É tempo de me conhecer verdadeiramente, sem subterfúgios nem auto-armadilhas. Apenas pensar sobre mim mesma.

Marta

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s